ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES

terça-feira, 1 de março de 2016

Reverência na Casa do Senhor


E disse: Não te chegues para cá; tira os sapatos de teus pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa (Êxodo 3.5).
Guarda o teu pé, quando entrares na casa de Deus; porque chegar-se para ouvir é melhor do que oferecer sacrifícios de tolos, pois não sabem que fazem mal (Eclesiastes 5.1).

Os versículos acima listados apontam uma mensagem bastante clara: devemos estar com reverência na Casa de Deus e não com brincadeira, desrespeito. Precisamos nos preparar espiritualmente antes de adentrar no Templo, para que possamos estar em condições de ouvir a voz de Deus e de obedecê-la. 

Infelizmente, hoje em dia, muitas pessoas não mais prestam sincera reverência na Casa de Deus, esquecem do padrão bíblico de santidade, de consagração ao Senhor. A bíblia nos exorta: é preciso que nos consagremos (Romanos 12.1,2). Devemos prestar total e perfeita reverência aos olhos do Senhor, pela Sua grandeza e soberania (Salmo 24.1). Temos que reverenciar ao nosso Deus, em toda a nossa vida, sermos servos verdadeiros e limpos na Sua presença, sermos santos (Levítico 11.44). 

Deve haver em nossos corações o desejo de buscar a Deus verdadeiramente. Nos alegrarmos quando irmos à Sua presença (Salmo 122.1), pois é no santo templo onde ouvimos a palavra e desfrutamos da íntima presença do Senhor, da comunhão do Espírito Santo. 

Deus procura os verdadeiros adoradores (João 4.23). Devemos comparecer diante de Deus com total reverência, sinceridade e com um coração guiado pela vida e atividade do Espírito Santo. 

Algumas pessoas estão “invertendo os valores”, estão indo aos templos, não para adorar verdadeiramente a Deus e sim, para participarem de um simples encontro social, sem perceberem que com isso acabam perdendo o que o próprio Deus tem para dar, por conta da sua falta de respeito (Eclesiastes 5.1). Suas condutas demonstram que saem dos Templos do mesmo modo que entraram. Por que será? 

Deus não mudou, Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente (Hebreus 13.8). Nós que deixamos de ser abençoados por não reconhecermos que não se adora de todo jeito um Deus que é Santo. Ele continua a abençoar, cabe a nós nos consagrarmos.