ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES

sexta-feira, 17 de junho de 2016

A Salvação


Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna (João 3.16).


     Meus amados irmãos e amigos do evangelho, abram os seus corações para cada palavra aqui escrita, pois Deus tem algo maravilhoso para tratar contigo.

      Meditando no versículo acima percebemos de forma inexplicável e incomensurável o amor de Deus com as nossas vidas. Assim como está escrito em outra passagem bíblica, “...todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus (Romanos 3.23).” Estávamos afastados da comunhão com o nosso Senhor e Criador, havia um obstáculo que nos impedia de chegarmos a Deus: o pecado, que atingira a todo ser humano desde o principio. Estávamos condenados! Era preciso um grandioso sacrifício para resgatar nossas almas da terrível condenação eterna.

         Mas glorifico a Deus por sua infinita bondade. Desde o princípio Ele nos fez promessas a respeito desta grandiosa redenção. Observamos isso no livro do Gênesis, quando nos deparamos com o fato de que a semente da mulher (Jesus) pisaria na cabeça da serpente (Gênesis 3.15), o que teria um alto preço. Quando olhamos para a cruz do calvário vejo esta promessa se cumprindo e Jesus vencendo a Satanás e nos dando o maior e mais belo presente que poderíamos receber: a vida eterna.

         Se você é salvo, agradeça a Deus todos os dias pela sua salvação e também propague a mensagem do seu amor. Mas, se você não têm certeza de salvação, tome uma atitude agora e aceite ao Senhor que morreu na cruz para te dar Vida. Esse é o critério ímpar para se desfrutar da comunhão com Deus. Que o Senhor te abençoe grandiosamente!