ÚLTIMAS ATUALIZAÇÕES

sexta-feira, 17 de junho de 2016

O Deus da Restauração


E certa mulher que, havia doze anos, tinha um fluxo de sangue, e que havia padecido muito com muitos médicos, e despendido tudo quanto tinha, nada lhe aproveitando isso, antes indo a pior; Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na sua veste. Porque dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei. E logo se lhe secou a fonte do seu sangue; e sentiu no seu corpo estar já curada daquele mal. E logo Jesus, conhecendo que a virtude de si mesmo saíra, voltou-se para a multidão, e disse: Quem tocou nas minhas vestes? E disseram-lhe os seus discípulos: Vês que a multidão te aperta, e dizes: Quem me tocou? E ele olhava em redor, para ver a que isto fizera. Então a mulher, que sabia o que lhe tinha acontecido, temendo e tremendo, aproximou se, e prostrou-se diante dele, e disse-lhe toda a verdade. E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou; vai em paz, e sê curada deste teu mal (Marcos 5.25-34).


      Fico feliz e honrado, por neste momento está interagindo com você. Agradeço a Deus por esta oportunidade ímpar que me foi concedida e creio que Ele, agora, pode tratar com tua vida. Portanto, peço com muita humildade que você abra o seu coração e ouça a voz do Senhor por intermédio dessa singela mensagem.

       A passagem acima grifada é um texto bastante conhecido, mas demonstra de forma clara o poder de Deus e elenca profundas verdades. Durante o ministério de Jesus aqui na Terra, dentre os vários eventos que aconteceram, quero tratar neste momento sobre um: a mulher que tinha um fluxo de sangue há 12 anos, mas que foi restaurada tanto física como espiritualmente.

      Nos tempos bíblicos, a mulher quando estava no período menstrual era considerada imunda e deveria isolar-se da sociedade até que este período passasse. Se não bastasse esse jugo tão pesado, o problema daquela mulher ia mais além, pois possuía um sangramento contínuo há 12 anos e esse mal, creio, estava devastando seu ânimo, sua alegria. Ela certamente foi obrigada a se afastar de quem amava.

      Então, gastou tudo que tinha com muitos médicos na esperança de ser curada do mal (Marcos 5.26), entretanto nada adiantou. Existem momentos que nos vemos sucumbidos por diversos problemas, e é natural tentarmos resolvê-los. Mas o quero dizer é que muitos deles surgem para que Deus manifeste o seu poder. Não tema, se o seu problema parece insolúvel e você já recorreu a várias fontes de solução e nada adiantou. Deus há de se revelar em sua vida, e pelo seu poder, resolverá a sua causa, porque para Ele nada é impossível (Lucas 1.37). 

     Quando a mulher percebeu que seu problema à lógica humana era incurável, lembrou-se de alguém que, segundo a epístola aos Filipenses, tem um nome que é maior que todo nome (Filipenses 2.9). Todavia, quero destacar que ela não apenas lembrou-se de Jesus, mas creu que Ele poderia curá-la, ainda que Ele não a tocasse (Marcos 5.28). Creia que Deus é poderoso para ajudá-lo e acalmar a tempestade de sua vida (Mateus 8.27), porque só assim Ele fará o impossível (Mateus 8.13).

        Além disso, quero que você entenda que no momento em que ela creu no poder de Jesus, tomou a atitude de romper com a multidão que a impedia de aproximar-se dEle. Multidão, contextualizando, significa os pensamentos, ideias, conceitos que, muitas vezes, se contrapõem aos princípios bíblicos. Representa o inimigo de nossas almas e o pecado, tudo o que nos afasta de Deus. Faça como a mulher do fluxo de sangue: não apenas lembre-se e creia, mas deixe para trás tudo o que te impede de aproximar-se de Deus e se entregue a Ele que certamente irá trabalhar a seu favor de uma forma surpreendente (Romanos 8.28).

         Além de lembrar-se, crer e romper com tudo que a afastava de Jesus naquele momento, ela, para receber a cura tocou na orla da veste de Jesus. A orla é um item da vestimenta que fica na parte inferior. Entendo assim, que a mulher do fluxo de sangue esqueceu-se de si e com humildade inclinou-se diante de Jesus mesmo sem Ele vê-la, lançando fora seu orgulho. Ao tocar na orla foi curada (Marcos 5.29). Não queira resolver problemas que só o Senhor pode fazê-lo, desça de seu orgulho e reconheça que Deus é o regente de sua vida e que além dEle não existe outro (Isaías 43.10). Ainda devo ressaltar que ela não apenas recebeu a restauração física, mas também a espiritual: "E ele lhe disse: Filha, a tua fé te salvou (Marcos 5.34)."

        Então, quando tudo parecer difícil, faça como a mulher do fluxo de sangue. Lance sua ansiedade sobre Jesus, que Ele cuidará de você (1 Pedro 5.7). Entregue a sua vida a Ele e o mais Ele mesmo fará. Assim diz o Senhor: "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei (Mateus 11.28)." Termino esse rápida reflexão, agradecendo a Deus por sua vida e convicto de que Deus falou com você e que você foi impactado pelo poder da sua Palavra. Não tenha dúvidas que só Jesus é o caminho, a verdade e a vida (João 14.6). Que Deus te abençoe grandemente.